segunda-feira, 17 de julho de 2017

O QUE DIZ PIROPOS

A video-vigilância pediu a demissão do Big Brother, esse alarve que em vez de dar o alarme apenas sabe arrotar e peidar polvora seca, diz Piropos


Orgulho de menos que zero
Quanto mais devo mais durmo, diz Piropos, tal voz do povo
mas sou sempre acordado pelos telefonemas do banco que me quer comprar por um euro...
Denuncio ao BdP o assédio

mas devem estar a supervisionar os seus orgiacos vaticanos

E o poioall do BdPortugall também não terá sido vitima do buraco do ozono e as suas nossas pratas auríferas fligamadas ou «evaporado» dado o cheiro nazi que nauseabunda nesta latrina?, diz Piropos

Quanto mais devo mais durmo, diz Piropos, tal voz do povo
mas sou sempre acordado pelos telefonemas do banco que me quer comprar por um euro...
Denuncio ao BdP o assédio

mas devem estar a supervisionar os seus orgiacos vaticanos

todos os teo ricos têm muita prática, diz Piropos
A fradiqueção ainda é o que era, se a memória não me esgana, diz Piropos

Xamã Caro Antonho
entretanto e a caminho de NY cheia de pós verdade Judite já embarcou para mais um exclusivo a dar à costa logo mais no jornal da noite dos tempos, diz Piropos, não saia do seu lugar do morto...a extrema unção segue dentro de momentos
E o eucalipto é que se nica, diz culpa mexilhão
Invernou depois de o diabo do Pedrocão

Sou um progressista, diz Piropos, deixo sempre para amanhã o que posso fazer hoje mas foder agora tenho

observa com atenção como Portugal mantém tranquilamente a tradição, privilegiando os medíocres, substituindo com maturidade os bons...

observa Portugal, com imensa maturidade, a comer a erva tranquilamente
observa a maturidade de Portugal a dar o peido e o Ronaldo a impludir com tranquilidade


Cristas com galochas e laranja com cheirinho a eucalipto
E o fogo de Pedrocão reacendeu no parlamento com trágica f(l)at(l)uência, diz Piropos, todos os deputados com rabo de palha a arder na retórica arena
Ter uma reserva moral é ter uma mata? E não a ter é ter uma consciência tranquila?, diz Piropos
A metáfora da geringonça sem culpas, mãos e sem fogo, diz Piropos, não têm ementa apenas agenda e comissões de festas, panças e jantares. Já para as matas tirar o curso de sapadores e socorro a náufragos!
A técnica do quadrado dum imanso estado falhado, diz Piropos, ainda se peida por aí o falhanço humano do falhado estado de sítio... quem sai aos seus....confunde-se com seu peido com o duma velha rosa




segunda-feira, 26 de junho de 2017

Aí estão as Piolho # 22 acabadinhas de chegar na última praia mar de seu tema sempre livre e de «morrer na praia» por mais; como tema primário

Piolho 22
« O Piolho Viajante é obra que se notabilizou entre as camada populares, que não obteve o favor de nenhuma critica nem os elogios dos patriarcas letrados do tempo. Fez-se ela própria...Hoje, duzentos anos, …,eis que alguém a exuma, não para a considerar um obra-prima, mas para a colocar no escano que lhe pertence...» João Palma-Ferreira, Obscuros e Marginados, Estudos Portugueses, Imprensa Nacional-Casa da Moeda Lisboa|1980
 
Meireles de Pinho(ilustrações),Lígia Casinhas, Sónia Oliveira, Carlos Alberto Machado, Carlos Ramos, Fernando Sernadas,
Luís Oliveira, Teixeira Moita,  João Albuquerque,
 João Pedro Azul, Eduardo Quina,  António Pedro Ribeiro, 
Lopes da Silva, Noel Petinga Leopoldo,  Francisco Cardo, 
José Guardado Moreira, Raul Simões Pinto, Rodrigo Pedro, 

Rui Almeida, João Meirinhos, Pedro`Águas, António S. Oliveira, Miguel Sá-Marques, Vitor Cardeira,
  Amadeu Baptista e Rubén Darío


fazem mais ou menos por esta desordem este
número

o vigésimo segundo Julho 2017
Arranjo gráfico e Capa: Meireles de Pinho
Editor: António S. Oliveira



Tiragem: 200 ex.
Edições Mortas  www.edicoes-mortas.com
www.edicoes-mortas.blogspot.com
Black Sun editores



quinta-feira, 22 de junho de 2017

O QUE DIZ PIROPOS: de idiotas e de génios todos somos defeitos, diz Piropos

Ora viva, Fogo, há quanto tempo não te via, exclama Quiemado
Estás bom, já de férias ou esse queimado é fruto do solário?
Gargalhadas
Fogo, só tu para me fazeres rir...
Estás com uma cara de enterro...
Cancro? Quimioterapia?
Venho duma sessão do psicanalista ... psiquiatra...
Depressão...
Nem de propósito ontem acabei de reler «a Psicanálise do Fogo» diz cínico Quiemado
Gargalhadas
Tu e o teu QI
Rir é o melhor remédio
para quem sofre de PdI
Para isso nada melhor que tomar calcitrim
gargalhadas
Desculpa tenho uma chamada a fazer...
Alguma boca de incêndio?...
Gargalhadas
Sempre com a mão no fogo a brincar
PdI
PdI
se não te importas
Segue pra bingo que vou até ao ginásio libertar o calcitrim acumulado
Ahahahahaha
ahahahahah

O Humor Negro arrasa multidões, diz Piropos sobre o seu próprio cadáver


A minha boca é um apelo, uma chama

os plantadores de incêndios, diz Piropos
 não passamos de moscas à volta de um monte de bactérias mortas

Não passamos de formigas à volta do cadáver de Deus

Prognósticos, só no fim?! Agora é urgente apanhar e prender o Fogo, ainda a monte. A árvore violada pelo relâmpago foi presente a juiz. De destacar a sua sibilica e ancestral dignidade de não se misturar com a floresta de jornalistas à beira dum ataque de desumanidade


Aos erros
Aos berros
Aos cerros
Aos derros
Aos ferros
Aos herros
Aos perros
Aos terros
Aos verros
Aos merros
Aos lerros


não passamos de idiotas à volta da distopia
Aos berros

Aos cerros
Aos derros
Aos ferros
Aos herros
Aos perros
Aos terros
Aos verros
Aos merros
Aos lerros

não passamos de ilusões à volta da desilusão



não passamos de borboletas à volta do absurdo


Dizem que sim e pensam que não, diz Piropos


não passamos de moscas à volta de um monte de bactérias mortas

Não passamos de formigas à volta do cadáver de Deus

O deserto a solidão a minha ampulheta preferida
Quando a razão não tem juízo a ideia é que paga com banhos de areia movediça,
 dilu Ente
Recolher obrigatório
Salvador ex machina
Por esse vinho acima
o que não morre, mata
A vida é assim, a realidade é facto consumado assado, diz Piropos
o marginal e as suas lúcidas vitimas...
Tudo tem um principio, um meio e um enfim, diz Piropos
Desculpe, arranja-me um cigarro? Desculpe só tenho dois, um para canto da boca, diz Piropos
É quem mais tem o rabo na boca, diz Piropos
Alice, Alice deixa-me entrar ou parto o espelho, diz Piropos



Aos berros

Aos cerros
Aos derros
Aos ferros
Aos herros
Aos perros
Aos terros
Aos verros

Aos merros

O Humor Negro arrasa multidões, diz Piropos

sexta-feira, 21 de abril de 2017

O QUE DIZ PIROPOS

http://edicoes-mortas.blogspot.pt/2017/04/la-vai-mais-um-n-o-quinto-da-magazine.html


conduzes um acontecimento mas nada acontece
O poder dos sem imaginação e a imaginação sem poder, eis a questão
Exactamente, concluiu, entretanto a tua imaginação é-te redefinida como propõe a Sony
Não estás aqui para Pensar, apenas e só, aconteces mas nada podes fazer para mudares o rumo dos acontecimentos
daí o cérebro estar a diminuir? questiona Entretanto

O meu cadáver está esquisito, diz Prosa K,
acaba de passar por mim e não me cumprimentou
Não sei o que lhe fiz?

Lol, esta treta das novas oportunidades é boa para melhor limpar o cu à Europa
E és beneficiado pelo cancro de pele, peida Sheet,
É de manhã que começa o dia, diz o carcereiro, quero ver estas cagadeiras limpas como a minha cara
Lol, esta treta das novas oportunidades é boa para melhor limpar o cu à Europa
E és beneficiado pelo cancro de pele, peida Sheet,
É de manhã que começa o dia, diz o carcereiro, quero ver estas cagadeiras limpas como a minha cara

Estás a dizer, Maio 68, que nós fizemos um mau trabalho nos anos sessenta?

Europa:- Quero ser raptada e violada no elevador da Glória, já!
A minha língua é uma faca de fogo, diz o poema
Pensa comigo, diz Piropos, quem vamos penetrar esta noite

Acabam de me propor via tlm a instalação da pena de morte a preços nunca vistos e sem custos durante os primeiros 100 dias, diz Prosa K, uma autêntico estado de desgraça e retorqui-lhe que a minha tolerância estratégica está por um fio. Mumie rosnou quase acordando a Salamandra



Escreva torto e a direito
Em ponto cruz
num funeral de pontos finais
longos parágrafos
para melhor circularem
as garrafais
letras

Seja igual a si impróprio

Os bárbaros fazem a barba
A pente fino

Bater nas redes
Os tapetes voadores
Da insónia

há quem acenda uma vela para ser sublimado...
Escrita inclusa criativamente sobre os efeitos da hepatite Led

os meus apontamentos trocam segredos entre si
gosto de estar de joelhos, de rastejar
encho a minha alma de gatafunhos
o nevoeiro aproxima-se silenciosamente excitado
estendo pensamentos ao longo do raciocínio
estendo roupa interior no fio do horizonte
o nevoeiro aproxima-se silenciosamente excitado
a boiar entre nuvens
espeto agulhas nos meus pontos negros
Mumie voltou sem cabeça a sua história está bloqueada nos apontamentos
gosto de mergulhar a cabeça na areia e vir-me
Mumie a gata brinca com a boneca Mumie como se brincasse com a morte



o real observa-me
falo com o silêncio
o espelho mói-me
falo com o silêncio
o espelho beija-me
falo com o silêncio
estou a beijar o sexo oposto
acaba de dar um pontapé numa pedra
Não, desculpe, de todo em todo, impossível!
Sim, é possível
caminho entre sonhos, acordada
estou a chegar fresca que nem uma alface
desculpe mas não me apetece, obrigada
encontra Mumie a sua boneca de estimação no lixo
rasga a página em branco
estúpida olha as suas mãos ensanguentadas
sai de casa e volta a deitá-la ao lixo, não era Mumie mas um animal morto
neste momento não sei o que pensar o meu cérebro foi levar a Mumie a mijar
esqueci-me de apagar a luz
deixei de estar excitada
acordo e se não me engano estou dentro de um caixote do lixo ou numa mala de carro
estou a pintar os lábios com o teu olhar
Mumie apareceu-me de novo em sonhos, queria um cigarro
peso-me com uma pedra na cabeça
sou uma pessoa sensível e as pessoas sensíveis nada sentem só nisso pensam
tenho uma dor mas não a partilho
estou a ficar senil, pensa debaixo do chuveiro

ontem bebi demais e atropelei um peluche
Mumie a minha boneca de trapos
a tremer de tédio
não estou preocupada com o futuro mas com o passado e o reescrever da História a favor da mentira
estou dentro duma abóbora cheia de medo
estou dentro do medo farta do escuro
estou beijar o sexo ao meu anjo
a tristeza é uma vela adormecida
acendo uma vela
é quem mais finge não estar a ser amordaçado às redes sociais
encima duma sarjeta a apanhar ar
solidão, precisa-se...é quem mais atingiu o limite de amigos,..
sinceramente sou essa cadela que conhece o cão que és
Que seria de mim sem as mãos de fada da Salamandra, diz Prosa K, o meu romance-tese cresce na minha mente e...já deu um pontapé na pedra-berlinde da loucura

O busto Ronalldo alimenta a barriga de aluguer de mais um weekend, diz Piropos
Prefiro um rego de couves a uma arca cheia de manuscritos, diz Prosa K, passei a tarde a lavar roupa suja

Prefiro um rego de couves a uma arca cheia de manuscritos, diz Prosa K, passei a tarde a lavar roupa suja






quarta-feira, 22 de março de 2017

O QUE DIZ PIROPOS

 O sr. psp perfil autar Quicas, diz Piropos


Olhem quem defende a honra desta feira de gado, diz Piropos



Este Socioputa anda pelas tascas do psd para que lhe lambam as feridas que ele provocou ao povo, diz Piropos, a quem cortou, rasgou, roubou e partiu e não ficou com a melhor parte




Queres um conselho?
Candidata-te as eleições autárquicas




Embebeda-te diz Baudelaire



este amante de constâncio já pediu visto gold para se refugiar num país do sul assim que mudar de sexo, diz Piropos




hamester dão, diz Piropos





Este gajo (shauble) está com saudades da Albuquerque e não se percebe que o seu marido ainda não lhe tenha partido os cornos, diz Piropos


O Elefante KKK tem medo da águia suástica, diz Piropos

Encontrou-se cinto de explosivos no coração da Europa, diz Piropos, e entrega-se a quem provar ser seu proprietário

Portugall tem de pagar as suas dívidas, não os seus governantes que são um orgulho para a nossa estúpida democracia. A UE e a oposição confirmam-no.
Em frente orgulhosos corruptos! Há que exigir o possível: mais mil anos de corrupção! 2015

não és um rato, és um homem!, diz Piropos